A Sociedade em Busca de Valores

Batimento e Pacotes de Onda
14 de dezembro de 2019
Experiência da Fenda Dupla
14 de dezembro de 2019

A Sociedade em Busca de Valores


Valor [price_with_discount]
(Atualizado em [price_update_date] – Sobre)


[ad_1]
“Esta obra compõe-se de 17 contribuições escritas por alguns dos maiores pensadores contemporâneos (André Comte-Sponville, Edgar Morin, Ilya Prigogine…) Começando por um “Elogio da filosofia”, que dá o tom, este livro aborda diversas questões relativas à ética, e, mais profundamente, à filosofia. Está dividido em duas partes: uma, “Rupturas”, é a oportunidade de passar em revista as mudanças conceptuais (sobre o indivíduo, o tempo, o político) intervenientes na sociedade contemporânea; a outra, “Abertura”, tenta, para além da constatação, abrir novas vias de reflexão sem cair no cepticismo sistemático e no dogmatismo.” Actualités Humaines “Estará a sociedade bloqueada pela nossa incapacidade de imaginar o futuro? Cepticismo e inquietude parecem marcar, com um selo paralisante, a reflexão sobre os valores da nossa sociedade. Pensadores e filósofos tentam, nesta obra, sair do dilema que, hoje, nos encerra entre cepticismo e dogmatismo, ajudando-nos a compreender melhor as lógicas que transformam a nossa sociedade. A política, a ética, a economia, o Outro são aqui “discutidos” sob uma óptica propícia à abertura das perspectivas.” Mémoire de Trame No mundo atual, nunca o futuro foi tão incerto e, no final do segundo milénio, é igualmente necessário compreender o móbil dos medos atuais. Este representa o propósito principal desta obra na qual pensadores e filósofos como Edgar Morin, Ilya Prigogine e outros nos ajudam a sair do dilema entre cepticismo e dogmatismo com o fim de ler, de modo diferente, a crise dos valores, dos modelo políticos, económicos ou sociais. Os textos propostos legitimam o interesse pela filosofia, não pelas questões de modo, mas pelas razões essenciais da invenção de um futuro habitável.” Gestion 2000 Ilya Prigogine nasceu em Moscovo em 1917, Prémio Nobel da Química em 1977, é professor na Universidade Livre de Bruxelas e na Universidade de Austin (Texas). Edgar Morin, diretor de investigação no CNRS, iniciador da “Sociologia do presente” cuja reflexão se encontra no cruzamento da filosofia, antropologia, sociologia e da biologia. Autor e co-autor de várias e importantes obras entre as quais: Introdução ao Pensamento Complexo; Vidal e os Seus; Amor, Poesia, Sabedoria; Terra Pátria; Uma Política de Civilização, publicadas pelo Instituto Piaget.



[ad_2]

Deixe uma resposta