Espíritos Rebeldes


Valor [price_with_discount]
(Atualizado em [price_update_date] – Sobre)


[ad_1]
Espíritos rebeldes é um prolongamento e a continuação de um volume anterior de histórias, a saber, As ninfas do vale. Os contos deste livro foram compilados em 1908, quinze anos antes da publicação de o profeta. A primeira dessas histórias, chamada Wardé Al-Hani, é sobre uma moça que deixa o marido e a riqueza deste para viver uma vida humilde com o homem que ama. O grito das tumbas, outra história, emite a mensagem atemporal da opressão dos fracos pelos fortes. A história seguinte, o leito nupcial, é sobre uma festa de casamento que começou alegre e terminou muito triste. Em As ninfas do vale, o jovem pastor louco Yuhanna era o porta-voz de Gibran. Aqui, em Khalil, o Herege, seu porta-voz é Khalil, que tem um caráter mais ousado e luta para ver o correto triunfar sobre o errado. As imagens e o simbolismo destas histórias são fecundos e eficientes: sua mensagem mística e filosófica brilha como uma lua libanesa entre nuvens prateadas.



[ad_2]

Deixe uma resposta